A decisão ocorreu no final da tarde de sexta-feira, 28/1, após reunião que contou com a presença do prefeito Joca Basílio e dos secretários Rêmulo Basílio (Finanças), Rômulo Basílio (Educação) e Alex Lima (Controladoria).
Com o atestado de viabilidade financeira, o prefeito autorizou a remessa do pagamento e a previsão é que até o dia 31/1 (segunda-feira) o benefício complementar do salário esteja na conta dos professores e professoras.
O anunciou do reajuste de 33,24% no piso salarial para os profissionais do magistério público da educação básica foi anunciado na última quinta-feira pelo Governo Federal. Com a medida, o piso da categoria passa a ser R$ 3.845,63.
Ao anunciar o reajuste, o prefeito Joca Basílio afirmou que o pagamento reafirma o compromisso de assegurar direitos e valorizar servidores. “Com os professores e professoras sendo pagos em dia, assegurando direitos, temos certeza de que estamos construindo um novo tempo na educação”, concluiu o prefeito.
Pular para o conteúdo